Instalação

Estável: v0.24.6 Candidato a lançamento v0.27.1
Antes de começar a usar Yarn, você primeiro precisará instalá-lo em seu sistema. Existe um número crescente de diferentes maneiras de instalar o Yarn:

Selecione sua plataforma acima

macOS

Homebrew

Você pode instalar Yarn através do gerenciador de pacotes Homebrew.

brew install yarn

Se você usa o nvm, você deve pular instalar o Node.js, para que a versão do Node.js do nvm seja usada.

brew install yarn --ignore-dependencies

MacPorts

Você pode instalar Yarn através do MacPorts. Isso também instalará o Node.js se ainda não estiver instalado.

sudo port install yarn

Caminho de instalação

Se você escolheu a instalação manual, as etapas a seguir irão adicionar Yarn à variável path e executá-lo em qualquer lugar.

Nota: seu perfil pode estar no seu .profile .bash_profile, .bashrc, .zshrc, etc.

  1. Adicione isto ao seu perfil: export PATH="$PATH:/opt/yarn-[version]/bin" (o caminho pode variar dependendo para onde você extraiu o Yarn)
  2. No terminal, faça login e logout para que as alterações entrem em vigor

Para ter acesso aos arquivos executáveis do Yarn globalmente, você precisará configurar a variável de ambiente PATH no seu terminal. Para fazer isso, adicione export PATH="$PATH:`yarn global bin`" ao seu perfil.

Windows

Existem três opções para instalar o Yarn no Windows.

Baixe o instalador

Isso vai te dar o arquivo .msi que quando executado ira instalar Yarn no Windows.

Se você usar o instalador primeiro você precisará do Node.js.

Baixe o Instalador

Instalar através do Chocolatey

Chocolatey é um gerenciador de pacotes para Windows, você pode instalar Chocolatey seguindo Essas instruções.

Quando você tiver Chocolatey instalado, você pode instalar o Yarn executando o seguinte código no console:

choco install yarn

Isso também garantirá que você tem Node.js instalado.

Instalar através do Scoop

Scoop é um instalador de linha de comando para Windows. Você pode instalar o Scoop seguindo essas instruções.

Uma vez que o Scoop está instalado, você pode instalar o yarn rodando o seguinte código no seu console:

scoop install yarn

Se o Node.js não estiver instalado, scoop vai dar a você uma sugestão para instalá-lo. Exemplo:

scoop install nodejs

Aviso

Por favor, ative permissões na sua pasta de projeto e na pasta de cache do Yarn(%LocalAppData%\Yarn) em seu software de antivirus, caso contrário instalar pacotes será significativamente mais lento porque todo arquivo será escaneado quando escrito no disco.

Debian/Ubuntu Linux

No Debian ou Ubuntu Linux, você pode instalar Yarn através do repositório de pacotes Debian. Você precisa configurara o repositório primeiro:

curl -sS https://dl.yarnpkg.com/debian/pubkey.gpg | sudo apt-key add -
echo "deb https://dl.yarnpkg.com/debian/ stable main" | sudo tee /etc/apt/sources.list.d/yarn.list

No Ubunto 14.04 e Debian Stable, você também precisará configurar o repositório NodeSource para ter uma nove versão do Node.js (Debian Testing e Ubuntu 16.04 vem com uma versão suficiente do Node.js, esse passo não é necessário nesses ambientes)

Em seguida, você pode simplesmente executar:

sudo apt-get update && sudo apt-get install yarn

CentOS / Fedora / RHEL

No CentOS, Fedora e RHEL, você pode instalar Yarn através do nosso repositório de pacotes RPM.

sudo wget https://dl.yarnpkg.com/rpm/yarn.repo -O /etc/yum.repos.d/yarn.repo

Se você já não tem Node.js instalado, você precisará também configurar a o repositório NodeSource:

curl --silent --location https://rpm.nodesource.com/setup_6.x | bash -

Em seguida, você pode simplesmente executar:

sum yum install yarn

Arch Linux

No Arch Linux, Yarn pode ser instalado através do gerenciador de pacotes oficial.

pacman -S yarn

Solus

Na Solus, você pode instalar o Yarn através do repositório Solus.

sudo eopkg install yarn

Alpine

No Alpine Linux (3.6+), você pode instalar o yarn com apk.

apk add yarn

Caminho de instalação

Se você escolheu a instalação manual, as etapas a seguir irão adicionar Yarn à variável path e executá-lo em qualquer lugar.

Nota: seu perfil pode estar no seu .profile .bash_profile, .bashrc, .zshrc, etc.

  1. Adicione isto ao seu perfil: export PATH="$PATH:/opt/yarn-[version]/bin" (o caminho pode variar dependendo para onde você extraiu o Yarn)
  2. No terminal, faça login e logout para que as alterações entrem em vigor

Para ter acesso aos arquivos executáveis do Yarn globalmente, você precisará configurar a variável de ambiente PATH no seu terminal. Para fazer isso, adicione export PATH="$PATH:`yarn global bin`" ao seu perfil.

Alternativas

Se você está usando outro Sistema Operacional ou uma das outras opções específicas para seu Sistema Operacional não funcionar para você, existem algumas alternativas. Você precisará instalar Node.js se você já não tem ele instalado.

Em distribuições Linux comuns como Debian, Ubuntu e CentOS, é recomendado instalar Yarn através dos nosso pacotes.

Script de instalação

Uma das maneiras mais fáceis de instalar Yarn no macOS ou ambientes genéricos de Unix é através do nosso script shell. Você pode instalar Yarn executando o seguinte código no seu terminal:

curl -o- -L https://yarnpkg.com/install.sh | bash

O processo de instalação inclui a verificação da assinatura GPG. Veja a fonte no GitHub

Você também pode especificar a versão executando o seguinte código no seu terminal:

curl -o- -L https://yarnpkg.com/install.sh | bash -s -- --version [version]

Veja os lançamentos para versões possíveis.

Instalação manual através de tarball

Você pode instalar Yarn baixando a tarball e extraindo em qualquer lugar.

cd /opt
wget https://yarnpkg.com/latest.tar.gz
tar zvxf latest.tar.gz
# Yarn is now in /opt/yarn-[version]/

Instalar via npm

Nota: a instalação do Yarn via npm geralmente não é recomendada. Ao instalar o Yarn com gerenciadores de pacote baseados em Node, os pacotes não estão assinados, e a única verificação é uma hash SHA1 básica, o que é um risco de segurança instalar de forma global no sistema”.

Por essas razões, é recomendado que você instale Yarn através de métodos mais adequados para seu sistema operacional.

Você também pode instalar o Yarn através do gerenciador de pacotes npm se você já o tiver instalado. Se você já tem Node.js instalado então você já deve ter npm.

Assim que você tiver o npm instalado você pode executar:

npm install --global yarn

Caminho de instalação

Unix/Linux/macOS

Se você escolheu a instalação manual, as etapas a seguir irão adicionar Yarn à variável path e executá-lo em qualquer lugar.

Nota: seu perfil pode estar no seu .profile .bash_profile, .bashrc, .zshrc, etc.

  1. Adicione isto ao seu perfil: export PATH="$PATH:/opt/yarn-[version]/bin" (o caminho pode variar dependendo para onde você extraiu o Yarn)
  2. No terminal, faça login e logout para que as alterações entrem em vigor

Para ter acesso aos arquivos executáveis do Yarn globalmente, você precisará configurar a variável de ambiente PATH no seu terminal. Para fazer isso, adicione export PATH="$PATH:`yarn global bin`" ao seu perfil.

Windows

Você precisará configurar a variável de ambiente PATH no seu terminal para ter acesso ao binário do Yarn globalmente.

Adicione set PATH=%PATH%;C:\.yarn\bin ao seu ambiente shell.

Verifique se Yarn está instalado executando:

yarn --version

Builds Noturnas

Builds Noturnas são as mais recentes e melhores versões de Yarn, construídas usando o código fonte mais recente do Yarn. Builds Noturnas são úteis para utilizar novos recursos ou testar correções de bugs que ainda não foram lançadas como parte de uma versão estável. Entretanto, essas versões não possuem a garantia de serem estáveis e podem conter bugs.

Veja como instalar nightly builds


Problemas? Se você não conseguir instalar Yarn com nenhum desses instaladores, por favor procure no GitHub por uma issue existente ou abra uma nova.

Procure por uma issue existente · Abra uma nova issue